Carregando...

SOBRE O OBSERVATÓRIO

O Observatório de Saúde de Populações em Vulnerabilidade (ObVul), instituído em 16 de novembro de 2016, é resultado do trabalho de um grupo de professores da Universidade de Brasília, contando com a contribuição de pesquisadores da área da saúde e das ciências humanas e sociais.

O objetivo geral do Observatório é o acompanhamento e disseminação da informação relacionadas às populações em situação de vulnerabilidade, no que diz respeito às suas condições de vida e de saúde, por meio de pesquisas empíricas e divulgação de dados.

A articulação e o trabalho em rede são as principais estratégias adotadas pelo ObVul, que visa a interação de diversos públicos. Seu propósito é o de gerar subsídios, dados e indicadores que favoreçam a tomada de decisões, por parte dos agentes governamentais e não governamentais e de fomento; na alocação, distribuição e monitoramento de recursos, programas, projetos e ações de atenção integral à saúde das populações em vulnerabilidade.

Sua missão consiste em garantir que as populações vulneráveis contem com o funcionamento integral das políticas públicas de saúde implementadas no Brasil. Assim, o Observatório atua na perspectiva da promoção e atenção à saúde das populações vulneráveis, tais como a população negra, a cigana, a quilombola, a indígena, adolescente e jovem, LGBT, idosa, dentre outros grupos.

O Portal do ObVul consiste em um espaço virtual destinado a promover a interação dos diversos atores que compõem e movimentam o cenário da saúde de populações em vulnerabilidade, tais como as instituições de ensino superior e de ciência e tecnologias (IFES e ICTs), pesquisadores, gestores públicos, organizações não governamentais (ONGs) e Organismos Internacionais (OMS).
Essa interação pretende dar visibilidade às informações sobre as condições de saúde, às políticas de Estado, e aos dados existentes sobre populações vulneráveis e sobre suas condições de vida.

CONSELHO EXECUTIVO

Miguel Ângelo Montagner
Maria Inez Montagner
Thérèse Hofmman Gatti
Paulo Dantas

CONSELHO CONSULTIVO

Aníbal Perea
Maria Célia Delduque

PESQUISADORES ASSOCIADOS

Jorge Luiz Riscado

Rafael Sanzio

ÁREAS DE CONCENTRAÇÃO

As áreas de concentração do Observatório consistem em:
(a) Política, Gestão e Direito em Saúde,
(b) Dinâmica das Políticas de Saúde e
(c) Relações entre Vulnerabilidade e Sociedade.

LINHAS DE PESQUISA

a) Vulnerabilidade em Saúde,
b) Dinâmica das Políticas de Saúde em seus aspectos sociais.
c) Indicadores e determinantes sociais da vulnerabilidade e saúde.

TEMAS DE PESQUISA      

I. Saúde e condições de vida de Jovens e Adolescentes.
II. Saúde e condições de vida da População Negra.
III. Saúde e condições de vida de Povos e Comunidades Tradicionais.
IV. Saúde e condições de vida de Refugiados

Parcerias Institucionais

Estrutura orgânica